A aventura da maternidade, Palavra de mãe, Vida

Sejamos nós capazes…

Este fim-de-semana foi dedicado a nós, a nós os três. Isolados do mundo, sozinhos e rodeados por paisagens verdes, daquelas em que sentimos que encher o peito de ar nos faz ser invadidos por ar fresco e não carregado de tóxicos.
O fim-de-semana proporcionou-nos estar todas as horas juntos, gozando-nos da presença uns dos outros. Permitiu-nos ouvir-te dizer palavras novas, exibir habilidades recém-aprendidas, ensinar-te outras, cantarmos as músicas que gostas, ver os teus bonecos preferidos aconchegadinhos no sofá. Tudo isto sem pressas, sem olhar para o relógio, brincando e relaxando verdadeiramente. E depois deste fim-de-semana apetece-me deixar estas palavras, para um dia tu leres e para nos irmos relembrando.

IMG_20170709_184324
Saibamos nós proporcionar-nos estes momentos também na azáfama do dia-a-dia, sem ser preciso sair do nosso ninho. Saibamos nós parar, conscientemente, acabar com o ruído compassado pelo relógio e deliciarmo-nos apenas com o prazer de nos termos uns aos outros e de estarmos juntos.
Sejamos nós capazes de te ensinar que a vida tem regras, que tanto são para ser cumpridas como quebradas. Sim, ouviste bem, as regras também são para quebrar e não estou a brincar. Sejas tu capaz de aprender, assim como nós de te transmitir, que ficar na cama até mais tarde, deitar para dormir bem depois da hora, comer mais um doce, ficar de pijama o dia todo, cantar a plenos pulmões e desafinadamente, são coisas que sabe bem fazer, na hora certa e sem exagerar.
Sejamos nós capazes de te fazer sentir o amor que temos por ti, que podes perguntar-nos o que quiseres – se não soubermos responder, vamos aprender juntos. Podes ser quem queres e como queres connosco, podes rir e chorar, ser destemida ou tímida, correr a maratona ou ficar quietinha em casa.
Saibamos nós fazer-te sentir segura connosco, mas com vontade de conhecer o mundo. Sejamos nós capazes de te ajudar a ser uma pessoa capaz de decidir por si, de fazer por si, de desbravar o seu caminho, sem nunca esquecer as raízes, sem nunca faltar ao respeito e aos limites de nada nem ninguém.
Saibamos nós, todos os dias um bocadinho, fazer com que percebas e sintas que és o centro do nosso mundo, que te amamos mais que a própria vida. És fruto do amor que une os teus pais há 11 anos e eles têm vontade de ver esse amor perpetuado em ti, espelhado na pessoa que serás.

3 Comments

  1. Catarina Silva

    Incrível testemunho.. Sinceras e magicas palavras que transmitem de certo tudo que sentem tal e qual tantos outros pais.. Fantástica mulher e mãe! Adorei, deliciei-me a ler😊Obrigada😘

    Reply

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *