Gulosa mais gulosa não há

Mais uma invenção que correu bem. Vou olhando para os armários, vejo o que tenho e pode combinar e alguma coisa sai. Desta vez foram estes queques de arroz, cacau e amendoim.

22042018_1697898240221030_4205281232257461366_o

Ingredientes: 

  • 4 ovos;
  • 200gr de farinha de arroz;
  • 4 colheres de sopa de açúcar amarelo;
  • 30g de óleo de coco;
  • 100g de amendoim desfeito em pedacinhos muito pequeninos;
  • 1 colher de café de fermento;
  • 1 colher de sopa de cacau magro.

 

Começa-se por se bater os ovos com o açúcar. Depois, lentamente, vai-se juntando a farinha e vai-se mexendo, depois o óleo de coco e o cacau. No fim, envolve-se o fermento e os pedacinhos de amendoim.

Levei ao forno em forminhas de silicone, a 190ºC, durante 15 minutos, sem ar circulante.

Valem a pena! Comemos nós e a pequena. Qualquer criança a partir de ano e meio poderá comer estes queques, desde que não exista história de alergia ao cacau ou amendoim (que são alimentos possivelmente mais alergéneos)

Gulosa mais gulosa não há

O marido já se anda a queixar que agora não há doces em casa, pus as mãos na massa e fiz um bolo doce e quase saudável. Sempre faz o gosto ao paladar e não ingerimos muitas calorias.

Este bolo é saboroso, o topping é crucial e a única coisa de pecaminosa é o leite condensado.

Então o que usei para este bolo?

13590331_1232080306802828_2167561955733817960_nPara a massa: 

  • 2 ovos;
  • 150gr de farelo de aveia;
  • 1 lata de leite condensado;
  • 1 colher de sopa de farinha de alfarroba;
  • 3 colheres de sopa de coco ralado;
  • 100ml de água quente;
  • óleo de coco q.b..

 

Para o topping:

  • 10 tâmaras descaroçadas;
  • 2 colheres de sopa de cacau em pó;
  • 100ml de leite.

 

É super simples de fazer.

Para a massa é só juntar os ingredientes todos e mexer com a batedeira. Barrei a forma com o óleo de coco e levei ao forno a 180ºC durante 45 minutos.

Para o topping, desfiz em puré as tâmaras na Yammi. 10 segundos na velocidade 5, baixei o que ficou colado ao copo, e depois duas vezes no Turbo por 3-4 segundos. Para quem não tem um robot de cozinha, uma picadora resolve o assunto.

Depois levei ao lume as tâmaras, o cacau em pó e o leite, e fui mexendo até ficar uma pasta homogénea.

Depois de cozido o bolo, desenformei e verti o topping por cima.

É um bolo mais “enqueijado” mas, à exceção do leite condensado, só tem alimentos saudáveis.

Espero que aprovem.

 

 

Gulosa mais gulosa não há

Como eu disse na minha página de Facebook, eu sou uma rapariga que PRECISA de ter chocolate negro em casa. Quando não tenho o que faço? A resposta mais óbvia seria “vou comprar” mas não, eu desato é a inventar e tento fazer algo que me despiste o paladar e me pareça chocolate negro.

Então como fiz este chocolate de faz de conta?

chocolate faz de conta

Usei 60g de amendoim cru, 2 colheres de sopa de cacau em pó, 12 tâmaras e 25ml de água a ferver.

Fiz na Yammi, mais uma vez. Como?

Desfiz as tâmaras em puré: velocidade 5 durante 20segundos, baixei as tâmaras no copo e repeti. Depois juntei os amendoins e voltei a triturar na velocidade 5, durante 20 segundos. De seguida juntei a água e o cacau e mexi durante 1 minuto na velocidade 2, baixei o que se tinha colado às paredes do copo e voltei a mexer.

Depois coloquei a mistura em cima de papel vegetal, tapei também com papel vegetal e, com o rolo da massa, estendi, deixando ficar da espessura de uma tablete de chocolate fina.

Levei ao forno a 190ºC, durante 8 minutos, deixei arrefecer e pus no frigorífico.

Para quem não tem Yammi, acredito que uma picadora resolva a parte de triturar os amendoins e as tâmaras.

Eu gostei, o marido aprovou e não precisei sair de casa para comprar chocolate. 🙂

Gulosa mais gulosa não há

Eu ia fazer um bolo de ananás normal, mas não me posso apanhar na cozinha, que trato logo de inventar.

Então como fiz?

Para a massa:

  • 6 ovos;
  • 250g de farinha;
  • 250g de açúcar;
  • 6 colheres de sopa de calda do ananás em lata;
  • 1 colher de chá de fermento.

Batem-se as claras em castelo e reserva-se.

Batem-se os ovos com o açúcar, até ficar uma mistura bem branquinha. Adiciona-se o fermento e a calda de ananás. Juntam-se as claras em castelo a esta mistura e envolve-se.

 

Para a base:

  • rodelas de ananás;
  • 50 g de manteiga;IMG_3654
  • 6 colheres de sopa de calda do ananás em lata.

Na base da forma, colocam-se as rodelas de ananás, a manteiga derretida e a calda.

Coloca-se a massa em cima e vai ao forno durante cerca de 45 minutos a 180ºC.

 


Para a calda:

  • 250g de açúcar;
  • 50 ml de água;
  • 50 ml de vinho do Porto.

Levam-se os ingredientes ao lume, brandinho, até ficar uma calda espessa.

No final, com o bolo pronto, desenforma-se e pica-se, muitas vezes, com um palito. Entorna-se, devagarinho, sob o bolo, a calda, à medida que a massa a vai absorvendo, e já está.

Fica mesmo muito bom.

Bom apetite!

IMG_3657IMG_3665

Gulosa mais gulosa não há

Fiz este bolo para comemorar o aniversário do blogue e, como o prometido é devido, aqui fica a receita.

Para a massa fui buscar a ajuda do Cinco Quartos de Laranja (que eu adoro!):

  • 300 g de farinha para bolos
  • 4 ovos
  • 200 g de manteiga sem sal
  • 285 g de açúcar
  • 7 g de açúcar baunilhado
  • 85 g (1 saqueta) de gelatina de morango
  • 1 pitada de sal
  • 300 g de morangos (que vão ser pouco triturados e só vamos usar o sumo)

 

Para o recheio:

  • 500ml de leite
  • 4 gemas
  • 125g de açúcar
  • 50g de farinha
  • 1 ovo
  • açúcar baunillhado q.b.
  • os morangos triturados (as 300g que trituramos e de que já coamos o sumo)

 

Para a cobertura:

  • 250 g de chocolate preto de culinária
  • 4 claras
  • sal
  • 6 colheres de sopa de leite

 

IMG_3481

Começamos por triturar os morangos e coar. Reserva-se o sumo e os morangos separadamente.

Vamos fazer a massa: Batemos a manteiga com os açúcares, juntamos-lhe os ovos, a gelatina, o sal, a farinha e o sumo dos morangos e mexemos bem. Dividimos esta massa em duas partes e levam-se ao forno já aquecido, a 180ºC, durante 30 minutos, em duas formas previamente untadas com margarina.

Para o recheio: Juntam-se as 4 gemas e o ovo com a farinha e reserva-se. Ao lume, junta-se o leite com os açúcares e mexe-se até se dissolverem completamente os açúcares. De seguida, junta-se aos poucos, sem parar de mexer, o preparado da farinha+gemas+ovos. Continua-se a mexer, sempre em lume brando, até engrossar e ficar tipo creme. Se ficar com “borbotos”, passem-lhe a varinha mágica. Reserva-se. (Verdade seja dita, eu faço esta parte na Yammi, que é muito mais prático, a máquina vai mexendo e regula a temperatura e eu fico livre para ir fazendo outras coisas.)

A este creme juntam-se os morangos. Eu não usei o creme todo, porque era muito, mas isso fica ao critério de cada um. O creme que sobrou, congelei-o para outra ocasião.

Para a cobertura, bati as 4 claras (das 4 gemas do creme de pasteleiro) em castelo, com uma pitadinha de sal. Derreti o chocolate negro com 6 colheres de sopa de leite e juntei às claras.

Depois é só colocar o recheio no meio das duas partes de bolo e cobrir com o chocolate. Decorei com os 200g de morangos, lavados e cortados.

Digo-vos já que este bolo fez sucesso.

Bom proveito!